16 setembro 2014




O TEMPO
Gena María

Ele chega e atinge em cheio...
Sem perguntar absolutamente nada
Se instala dentro de você!

Pergunto ao tempo:
" Se não o aceitar, se o ignorar
vai me deixar assim como sou?"...
Ele se cala e nada responde...
Eu sei, nem tenho dúvida, ele não vai sair de mim!
E quando eu menos esperar, ele deixará sua marca
como se a me dizer:
" Eu nasci com você, sou seu eterno companheiro,
mesmo que não me queira, farei sempre parte da sua vida"

Marília 10/09/2014


3 comentários:

Élys disse...

Uma poesia bonita sobre o tempo que queiramos ou não sempre nos acompanará.
Um abraço.

Lu Dantas disse...

Lindo!
O tempo é o nosso grande amigo. Que nos ajuda a fortalecer os laços e esquecer as amarradas que nos faz sofrer.

Grande abraço

www.lucadantas.blogspot.com.br

alegriadeviver.blogspot.com.br disse...

O tempo é senho do mundo é absoluto e invencível, nada perdoa.

Muito bom seu poema.