31 maio 2011

DEVOLVI...
®Gena Maria

Hoje, resolvi devolver você ao meu passado
Sempre sonhei com um amor assim...
Quando você surgiu em minha vida, logo pensei:
Este é o homem dos meus sonhos!
Juntos vivemos momentos inesquecíveis!
Pensei ter encontrado minha
Alma Gêmea...

Triste engano, você não passou de fantasia...
Num lindo e romântico sonho de uma jovem...
Mostrou-me o outro lado do amor
Onde encontrei só egoísmo
Vaidade e desamor!

Desisti de viver um presente fantasiando um futuro
Que nunca chegaria até nós...
Resolvi mudar, chutar o balde e te mandar passear...

Hoje, você vive bem distante... Não sei onde...
Não, sei sim, em algum lugar do meu passado...
Pois, do presente você não mais fará parte!

Marília-SP

5 comentários:

Sotnas disse...

Olá Gena, que tudo esteja bem contigo!
Poema desabafo, de um amor que melhor está no longínquo passado esquecido, mas que, ainda assim faz doer a lembrança! Intensa escrito com sensibilidade suficiente para expor sentimentos em toda as palavras!
Que seja somente nestes escritos tal desamor, pois desejo a você e todos ao redor intensa felicidade, e agradeço pelas visitas, deixando um enorme abraço e até mais!

Terê. disse...

belo poema querida, álias sempre fazendo coisas muito boas, bju terê.

Crista disse...

\o/

M@ria disse...

Saudade
é trazer para dentro do peito
o que deveria estar
ao alcance dos olhos.

Lou Witt

Beijos na alma e coração...M@ria

ANTONIO Valentim disse...

GENA, Silvo fez o seguinte comentário sobre este poema, o qual postei no BLOGUE do Valentim:


"Una pena, esperar mucho y recibir poco, saludos"

Obrigado. Graças a seu blogue, agora nosso humilde blogue está linkado no blogue 'Impresiones'.
Fique com Deus.