06 abril 2011

DÉCIMO NONO POEMA...


POR QUE VIESTE?
®Gena Maria

Um dia em minha vida tu vieste
Trazendo a luz em teu olhar...
Sorria-me a vida quando me sorrias
Com teu sorriso apagou o meu pesar

Foi-se então todo o meu prazer
Ao deixar-me levaste o que trouxeste:
Toda a minha alegria de viver
Toda a felicidade que me deste.

Se tinha de tão cedo perder-te
Se tinhas de partir...
Se não me amavas...
Por que vieste?
Por quê?
Marília, maio de 1994

5 comentários:

Luís Coelho disse...

Na vida temos destes encontros e desencontros.
Por vezes seria melhor que não existissem e que pudéssemos viver apenas com os nossos sonhos.

Sotnas disse...

Olá Gena, que tudo esteja bem contigo, sempre!
Isso é algo a que nós simples mortais sempre estaremos sujeitos!
Pois somos basicamente movidos pelos sentimentos e quando pensamos ter encontrado e nos enganamos, não tem jeito, sofremos, mas, sempre aprendemos com estas perdas, ou aprendemos a melhor escolher, ou a viver sem, e sempre sentindo dor!
Belo poema Gena, e uma imagem bela também, parabéns poetisa!
Desejo a você e todos ao redor infinita felicidade, obrigado pela amizade, grande abraço e até mais!

claudete disse...

Por que as pessoas passam por nossa vida e deixam suas marcas...seria tão bom se conseguissemos perpetuar as felizes e anular as marcas tristes...Lindíssimo e perfeito poema. Abraços.

Mgomes - Santa Cruz disse...

Gena: A nossa vida é feita de encontros e desencontros,a vida é mesmo assim. uns dias cheios de alegria amor e cainhos outos sem nada e de uma trizteza profunda.
Beijos
Santa Cruz

*Simone Poesias* disse...

Que poema mais lindo!
Eu vivo me perguntando isso também rs

Parabéns!!
Bjos

*Simone*