10 novembro 2009

SENTIMENTO COMPLICADO



SEM ENTENDER
Gena Maria

Não consigo entender
Esse amor entre nós...
Se ficamos longe
Sentimos saudades
Se estamos juntos
Nada fazemos por nós

E assim vamos ficando
Longe e perto sempre
Entre saudades, desejos,
Lágrimas, sorrisos e medos

Eu não consigo entender
Nada é definitivo
Tudo é sempre igual
O amor não acaba...
Nem aumenta, nem diminui...

Se me chama eu vou
E digo que amo você
E somos brasas que não
Viram cinzas...
E o fogo novamente
Se acende e dizemos
Chega, pra deixar
Nossa saudade existir

Quando eu chamo...
Você vem e quando chega
Eu digo, te amo...
O fogo novamente se acende
E nossa chama continua acesa
Mas eu continuo sem entender...

Marília - 09/11/09
22:54 Horas

http://www.boemio.com.br/midivoice/nacionais/letra_S/Simone/Simone_Lenha.mid

5 comentários:

Fernando Reis Costa disse...

Tenha a certeza que "EU CURTO SEUS POEMAS!"... -
E que belo é este "Sem entender"!...
Um fraterno abraço.
Fernando

Silvinha disse...

Parabéns pelo blog, que por sinal tá lindo.

Venha me fazer uma visita

Silvinha Arte e Decoração

silvinhaarteedecoracao.blogspot.com

Beijos

Fernanda disse...

Amiga Gena,

Gostei do poema, mas não entendo o que não se entende.
Eu entendi lindamente.

Beijos

Essência e Palavras disse...

Obrigada pelo carinho, pela visita.

Seguindo te, também...

Beijo grande!

Rita Maria disse...

Boa Noite Gena,

Demorei a aparecer porque ando proibida de digitar, apesar de fazer exercícios o meu problema de DORT (LER) às vezes me incomoda um pouco...

"Saudade palavra triste quando se perde um grande amor"... Quantos amores perdi? Não foram muitos, tive poucos amores, mas intensos!!! Os que perdi já não me lebro mais, fazem parte de um passado remoto... Agora, o último grande amor ainda me dói no fundinho do meu coração e a saudade machuca...

Querida o seu Blog está ótimo, muito bem elaborado, ótimas poesias, boas músicas...

Um beijão,

Rita