05 novembro 2011

REEDIÇÃO...


SUA VOZ
Ouvir pessoas se expressando...
Ouvir passos e vozes sempre...
É, o que acontece a todo momento...
Mas, ouvir a sua voz, amor
É algo mágico em minha vida!
Sempre que nos falamos
Sinto um grande encantamento...
Ela soa aos meus ouvidos
Como um bálsamo do amor...
Esse amor que atravessou o tempo...
Uma vida inteira...E ainda vive
Em mim como da primeira vez...
Sua voz, é o meu encantamento...
Minha alegria de viver se chama VOCÊ...
Falando e, sempre me encantando
Com sua linda vóz!
Obrigada amor, por se conservar
assim, todinho para mim!
Marília- 07/12/10
11:15 HORAS

14 comentários:

Luís Coelho disse...

O amor no expoente máximo.
Ouvir e ser ouvida.
Não poderia esse amor ser apenas monólogo.

O tom de voz por vezes é aquele som que gostamos de ouvir porque a ele nos afeiçoámos.

João Esteves disse...

Poema-declaração na vida inspirado, poema-balanço da própria vida em comum, poema-repositório de belezas sonoras sobre modulações vocais com carinho emitidas e recebidas, tudo de bom este seu poema, como quer que se o leia.
Gostei e gostei, Gena.

José Maria Alves Nunes disse...

Olá!
Encontrei você no blog do meu amigo Marcos Santos. Resolvi aparecer.
Gostei muito.
Abraços

Malu disse...

Amiga, há sempre uma voz que nos toca fundo e dispara o coração... a voz do nosso AMOR!!!
Lindo poema.
Abraços

Fanzine Episódio Cultural disse...

O PRIMEIRO CONTATO
Certa vez, na ânsia de concluir um trabalho escolar, cercado de publicações dos mais variados autores e temas, e sem saber por onde começar despertei-me com um clique da minha esferográfica.
Eis que, como um “Deja Vu”, deparei-me com um antigo livro de contos em péssimas condições. O papel amarelado pelo tempo, perfurado por traças, empoeirado e suas páginas mal cheirosas.

A tinta usada em sua impressão ainda mantinha um bom contraste, o que o tornava legível.

Então, no volver furtivo e detalhado de cada página, eu descobri algo novo: textos envolventes com assuntos, embora de séculos atrás, tão atuais e familiares que passavam não só a mim, mas a quem quer que os lesse (leiam) uma profunda intimidade com o autor.

Agora eu já podia empunhar aquela, cujo clique não mais soava irritante, mas frugal.

Tudo era simples, evidente e claro. Eu não precisava mais daquela pilha de publicações, pois tudo estava ali, em cada cor, som, ou lembrança. Daquela ponta esferográfica, as palavras fluíram com naturalidade e deitavam em cada pauta com a suavidade de uma pétala que pousava sobre a relva.

Eu compunha com mais idéias, indeterminado, mais livre. Não havia motivo para se preocupar com “Lapsus Linguae”... Sim era minha primeira crônica. Agora eu sabia que poderia escrever sobre qualquer coisa.

*Cassius Barra Mansa é cronista machadense

Lapus Linguae = erros de linguagem

José María Souza Costa disse...

Há sempre um deslumbro, para encantar e decantar a alma.
Parabens, sempre

Zilani Célia disse...

OI GENA!
QUE LINDO,PODER TER ESTA CERTEZA DE TER UM AMOR CORRESPONDIDO.
ABRÇS
http://zilanicelia.blogspot.com/

BRISA disse...

BOA NOITE
GENA
MAIS ESTOU AQUI PARA TE PEDIR PARA VC DEIXAR A DATA DO SEU ANIVERSÁRIO. POIS QUERO PASSAR PARA A MINHA AGENDA.
Olá anjo amigo!
Se temos de esperar,
que seja para colher a semente boa
que lançamos hoje no solo da vida.
Se for para semear, então que seja
para produzir milhões de sorrisos,
de solidariedade e amizade.


Beijos na alma!
BRISA

Arnoldo Pimentel disse...

Sempre lindo seus poemas, beijos.

Adelaide disse...

Olá Gena,

Que lindo poema de amor. Descobri o
este seu blog para lhe vir dizer que o bjog da Lingua Alemã já vai funcionar outra vez. Foi lá que a conheci. Que vinha encontrar belos poemas, essa é que eu não contava.
!!!

Beijinhos
Adelaide
Magiadaslinguas.blogspot.com

carlos pereira disse...

Minha cara Gena, Poetisa do Amor;
Belo poema, onde o Amor brota esfuziante das palavras.
Gostei muito.
Beijo fraterno e amigo.

Maria Alice Cerqueira disse...

Bom dia
Gostaria de lhe desejar um Santo Natal e que o Ano 2012 venha coberto de muita paz e Amor!
Gostaria de lhe oferecer o selinho de Natal , tem dois pode leva-los ou escolha o que mais gostar, tem também o selinho de 400 seguidores que fiz com muito carinho!
Dentro do mundo magico do coração quero muito lhe agradecer por tudo! Muito Obrigada de todo o coração!
Tenha um lindo dia!
Abraço Amigo!
Maria Alice

J Araújo disse...

O natal se foi e venho somar um pouquinho do meu espírito natalino com o seu, desejando que o próximo ano, seja mais pleno de alegrias e realizações!

bj

ALUISIO CAVALCANTE JR disse...

Querida amiga

Não existe ano novo
se não houver sonhos novos.
Desejo que neste novo ano,
cada dia de vida da sua história,
seja vivido de modo calmo e pleno,
e que possas viver
o mais intenso caso de amor
com a sua vida,
e com os que fazem parte da sua vida.

Aluísio Cavalcante Jr.