15 outubro 2011

REEDIÇÃO DE UM POEMA

INSENSATEZ

Essa insensatez, esse amor, essa insanidade...
Sigo meus dias assim, com loucuras e mais loucuras!
A maior delas é o amor louco e insensato
que sinto por ti, meu amado e eterno amor!

Às vezes penso que a loucura é a minha constância...
É o meu baluarte, a minha razão e a minha sensatez!
E me vejo a poetar, a te esperar e a querer
Mudar o mundo...Cancelar as normas...
Essas benditas regras de moral....
Desta sociedade hipócrita em que vivemos...
Com tantos tabus e normas...
A serem seguidas e respeitadas!

Gostaria de infringir a todas elas
E ficar contigo nesta loucura
Curtindo a vida ao teu lado...
Como sei que queres
E, sei também, ser o que desejo!

Talvez, assim quem sabe seríamos mais felizes
E desfrutaríamos deste amor... 
Matando um desejo tão maltratado por nós...

Que nos faz renunciar a um grande amor
Que teimamos em sentir um pelo outro...
Desde o primeiro instante em que nos vimos...
Em que nos conhecemos e perdemos a paz...
E assim sigo nessa minha insensatez...
Que é, te amar e desejar tão insensatamente!

Marília – SP
02/06/07

10 comentários:

silvo disse...

Cierto, el amor hay que disfrutarle, besos

BabiGB disse...

Gena esse poema foi feito pra mim hein? hehehehe
adorei


beijos

helio.rocca disse...

Belo este poema, esta reedição foi providencial... Adorei poetisa!

Simone butterfly disse...

Amo poesias, sou uma simples aprendiz, amei seu blog, espero sua visita lá no meu jardim, beijos carinhosos

poesias maria do carmo disse...

Diante de tão nobre poetisa, nãoé fácil comentar,bjos.

Liene disse...

Oi querida! Hoje vim deixar pra você uma mensagem especial...

Receita de Paz

Ora com mais confiança em Deus.
Trabalha um tanto mais.
Serve com mais alegria.
Age mais caridosamente.
Desculpa as faltas alheias com mais compaixão pelos ofensores.
Usa mais calma, particularmente nas horas difíceis.
Tolera, com mais paciência, as situações desagradáveis.
Coloca mais gentileza no trato pessoal.
Emprega mais serenidade na travessia de qualquer provação.

E, assim, com a benção de Deus, encontrarás mais segurança e paz, nas estradas do tempo, garantindo-te o êxito preciso nos deveres de cada dia, a caminho da vida maior.
(Emmanuel-Chico Xavier)

Deixo com você o meu abraço carinhoso e desejo que a semana que se inicia lhe seja repleta de luz!

A paz esteja contigo

http://hajalluz.blogspot.com/

Irene Moreira disse...

Olá amiga Gena !

Saudades de te ver e como sempre fico encantada em ler teus poemas.

Voltarei mais vezes

Um beijo grande em seu coração.

Maria Teresa Fheliz Benedito disse...

Olá Gena!
Qu delícia de blog.
Que delícia passear por aqui,voltarei sempre respirar do amor que tem por aqui.
Um abraço e fique com Deus!

ॐ Shirley ॐ disse...

Bonito seu poema, mas, temos que seguir as regras...Um beijo, Gena!

GERALDO RIBEIRO disse...

Olá Gena

Nada melhor do que a insensatez de vez em quando. Muito bom.

Um abraço, paz e bem