05 agosto 2011

CLIQUE NA FOTO PARA AMPLIAR

5 comentários:

Luís Coelho disse...

A vida tem destas cores.
Parece-me que são estas curvas que nos fazem viver e que nos dão força para avançar.

Muitos poemas nascem assim.

silvo disse...

Me gusta como describe la cnfusión del cambio de situación tras la pérdida de una vida planteada única para dos personas, besos!

Arnoldo Pimentel disse...

Lindo seu poema. No fim sempre existe um recomeço, e muitas vezes o horizonte que se abre guarda a felicidade.Beijos

Anabela Jardim disse...

Meu cantinho esta em festa. Passa lá!

GUIOMAR disse...

Que nunca te falte: A estrada que te leva e a força que te levanta. O amor que te humaniza e a razão que te equilibra. O pão de todo dia e o verso de cada poema..!!!