17 novembro 2010

SÉTIMO POEMA


TENTANDO
®Gena Maria

Tentando esquecer você
Viajei meio sem rumo
Fiquei feito um bilboquê
Subindo e descendo fora do prumo
 Descobri que tentei em vão
Você me acompanhou pelos caminhos
Constantemente como uma perseguição
E eu só queria esquecer seus carinhos
 Tentativa vã, inútil persistir...
Você fez parte do meu passado
Como não, em meu presente existir?
Sim, voltarei para o seu lado...
Para enfim ficar e não mais sair!

Marília- SP
26/10/05

10 comentários:

silvo disse...

psado y presente, con sentimientos siempre, besos

ValeriaC disse...

Querida que lindo...especialmente quando passado e presente podem viver bem...e viver este amor... beijinhos...
Valéria

Mila disse...

Lindo e maravilhoso poema, uma entrega divina...

Bjs querida!

Mila

Sonhadora disse...

Minha querida

Passado e futuro, juntando-se nas nossas lembranças.
Adorei o poema como sempre.

Beijinhos com carinho
Sonhadora

Livinha disse...

Se é pra falar de amor e porque não. Onde houver felicidade, sempre será saudade e desejo de mais.
Reconstruir é a solução, voar em jardim de emoção e de lá nunca mais sair...

Lindo teu poema.
Qta ternura encontrei por aqui.
parabéns Gena e obrigada pelo carinho deixado em meu espaço.

Bjs

Livinha

valdivino disse...

Quando o passado ficou marcado pela paixão, no presente o amor vive muito mais forte.

bjos.

Anne Lieri disse...

E não saia mesmo,porque não é todo dia que um amor inspira tão bela poesia!Bjs,

Anne Lieri disse...

E não saia mesmo,porque não é todo dia que um amor inspira tão bela poesia!Bjs,

Colecionadora de Silêncios disse...

Lindo poema!
É triste a dor da saudade, não?
Belo canto o seu!
Beijos, querida.

Tere disse...

oi amiga! seu poema, lindo, e linda imagem também. bjustere.