29 novembro 2010

DÉCIMO SEGUNDO POEMA


SE...
®Gena Maria

Se me quiseres, eu quero...
Se me chamares, irei...
Viveremos mais uma vez
O amor que nos fez conhecer
Um amor sincero...!
Olhastes-me simplesmente
E me fizeste vibrar de emoção!
De mansinho me abraçou e me beijou
Com tanto amor e carinho
Que fiquei sem reação!
Ao cair na realidade
Eu mesma o abracei
Sentindo bater meu coração
Junto ao dele disparado...
Juramos amor eterno
Prometendo um ao outro
Não mais sofrer com a distância
Pedimos ao tempo
Que parasse de correr
E  nos deixasse viver mais uma vez
O amor que nesta vida uniu
Num simples olhar a primeira vista
Dois jovens livres para amar
E sonhadores na conquista
De um amor eterno...
Estavam apenas felizes
Por este sentimento recomeçar!

Marília-25/11/89


postagem original:

7 comentários:

valdivino disse...

Não mais sofrer com a distância...

Bom dia amiga!

tenha uma ótima semana.

bjos.

Ao toque do Amor disse...

Olá...bom dia!!
vim, te oferecer o cartão de natal do toque e deixar o meu toque de carinho e amizade
fique bem, fique na paz
san

Eliete disse...

È difícil viver o amor e falar dele também. E você , querida Gena, diz muito lindamente dele.bjs

*Simone Fernandes* disse...

Belíssimo poema, cheio de encantos. Parabéns!
Bjos,
*Simone*

FlorAlpina disse...

Por vezes é dificil (d)escrever o amor!

Bjs dos Alpes

rosa-branca disse...

Um poema encantador. Adorei. Beijos com carinho

Celamar Maione disse...

COnhecendo seu blogue....

Muito bom amar livremente.
Gostei !

Beijos