26 julho 2010

MINHA VIDA E VOCÊ

SEMPRE VOCÊ
®Gena Maria

Ouvindo esta musica, voltou em mim
tudo que sofri por você!
Fui tão feliz ao seu lado
pensei que o amor nunca tivesse um fim!

Fiz da minha existência,
seus carinhos e seus beijos.
Nunca fui tão feliz em sentir-me amada
como nunca pensei nesta vida!

Você foi meu maior amor
dei a você tudo de mim
e nunca fui tão fiel a um amor assim...

Hoje preciso me procurar, pois me perdi,
vivia seu amor, vivia sua vida
e não sei como me encontrar...

Agora só vivo a solidão,
a saudade e as lembranças
de como fui amada!

Preciso pegar pelo caminho,
meu pedaços que ficaram pelo chão,
jogados, desprezados por você...

E nesta procura, quero esquecer que
fui tão iludida por um amor que não existiu..
Como diz a musica, era bijuteria
e me deixou pensar ser uma jóia rara!

Neste seu corpo tão belo, hoje sei
que não tem nada, só falsidade!

E eu amei... amei você como ninguém!
Hoje, só espero te esquecer e lembrar
que amar assim só me trouxe decepção!

E sei, eu preciso encontrar alguém
para preencher este vazio
que ficou em meu coração!

POEMA INSPIRADO NA MUSICA BIJUTERIA
BRUNO &MARRONE

MARÍLIA -SP

8 comentários:

ELIANA-Coisas Boas da Vida disse...

LINDO POEMA!

romantic disse...

gena adoro sua visita e fico muito honrada a cada comentario teu,um prazer sempre esta contigo bjs querida uma semana reluzente!!

Franck disse...

Lindo poema...quem não tem uma trilha sonora em sua vida? Uma boa semana! bj*

Franck disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
pili.gauchita disse...

Gena...muy bueno el poema....muy sentido y amado,ese corazón está ocupado y dolido
Un besote

Pena disse...

Estimada e Simpática Poetiza Amiga:
Um soberbo poema de fascinar e deslumbrar pelo conteúdo e pela significação.
Não vejo ninguém que a pudesse ferir ou magoar? Não mesmo. É respeitadora e doce, encantadora como concebe a sua extraordinária poesia de aplaudir.
Parabéns.
Há-de surgir alguém, acredite?
Beijinhos agradecidos pela amabilidade e ternura expressas no meu blogue.
Sempre a respeitá-la e a estimá-la de forma gigante.

pena

Bem-Haja, preciosa amiga.
Adorei.

cidda disse...

Lindo seu espaço!
Adorei a música e o poema.
Amanheci muito romântica hoje e senti uma ponta de esperança em meio à desilusão quando vi que a dor do eu lírico não o fez desistir do amor, pois ele, no final do poema diz:"eu preciso encontrar alguém para preencher este vazio".
Obrigada por ser amiga do meu blog.
Abraços,
Cida.

Pérola disse...

He he,nada disso. E o que se viveu de bom ñ conta?
E o que me diz:Fui tão feliz com você,pense nisso ok.
Beijokas poeta.
Parabéns pelo talento.
Beijos millllllllllllllllllllllll