02 março 2010


SOU...

apenas uma mulher que ama!
Amo a tudo e a todos a minha volta!
Sei que não se morre de amor
Se morrer, não é amor, é obsessão

O amor não é egoísta
Ama sem regra e condição
Por isso sei que o amo tanto!
Amo suas qualidades e seus defeitos
Se fosse perfeito nem existiria!

Amo sua ausência e mais ainda sua presença!
Amo essa mulher frágil que precisa de você...
Homem forte e determinado!
Nunca tem vergonha de dizer que me ama...
Como também sabe quando estou carente,
precisando de atenção!

Sou uma mulher que ama sem restrição...
Amo seu olhar, seu andar, seu machismo e sua alegria!
Amo suas broncas, sua imposição, seus carinhos e sua paixão...
Seus limites e sua determinação!

Enfim, sou apenas uma mulher que ama seu homem...
Incondicionalmente!

© Gena Maria

Marília - SP
Publicado no Recanto das Letras em 28/02/2007

4 comentários:

Anônimo disse...

Que maravilha GM querida, Vc é realmente esta mulher e que feliz é este homem determinado que durante a vida toda te amou.

Bjs poeta, lindo blog.

Toninho

RESILIÊNCIA disse...

Poetisa Gena

Parabéns por esse amor...eterno.

Fernanda disse...

Querida amiga Gena,

Esse amor é sublime e raro.
Nunca deixe que ele lhe escape.

Beijinhos

Mari disse...

Olá Gena,

Lindo este amor...sincero e intenso!
Bom final de semana!
bjs
Mari