18 novembro 2009

VIDAS PASSADAS


OUTRAS VIDAS
Gena Maria


Hipnotizada me vi em outras vidas
Em todas elas, estavas ao meu lado...
Como filho, irmão, pai ou amigo
Mas, a mais importante delas
 A que fostes meu marido!


Éramos muito felizes e realizados
Em todos os sentidos, nos completávamos
Que lindo amor era o nosso, perfeito...
E como nada é perfeito na vida, te perdi
De uma maneira trágica, triste, pois
Fiquei viva para sofrer esta perda


Sem forças para continuar, também parti...
Por ironia, ou, sei lá o quê, não te encontrei
E procurei por ti em todo o paraíso...
Com imensa tristeza descobri que já havia
Partido para viver mais uma vida aqui...


Voltei depois de muito esperar...
Para reencontrar-te novamente e, em vão!


Depois de muito procurar, te vi...
Num belo dia, por acaso...
Foi mágico este encontro...
Olhamos-nos e sentimos que os tempos
Não mudaram nada entre nós...


Amei-te novamente, em cada olhar,
Em cada palavra, em cada beijo e abraço...
O nosso eterno amor voltou a nos unir
Para nunca mais nos separar!


Hoje estamos juntos, como dois namorados...
Buscamos-nos em todas as vidas que vivemos...
E sei que continuaremos sempre apaixonados
Um grande amor não se perde...
Sempre haverá um novo recomeço


Marília – 18/11/09
10:50 Horas


7 comentários:

Beatriz Prestes disse...

Que poema mais lindo e significativo!!!
Que benção a oportunidade do reencontro......e poucos sabem como aproveitar estas chances que Deus nos dá.
Na maioria das vezes não valorizamos.....mas quem sabe, outras chances virão.
Pois as vidas mudam, mas o amor quando verdadeiro permanece...aguardando.
Fiquei emocionada
Beijo com carinho
Bea

Fernando disse...

Hola Gena Maria,
Un poema precioso, muy bonito.
Que grande cuando el amor se reencuentra de nuevo.
te dejo unos besos.
Fernando.

Fernanda disse...

Amiga Gena,

Gostava muito de acreditar no conteúdo do seu poema belíssimo.

Beijo

Rita Maria disse...

Boa Noite Gena,

Uma bela poesia, onde você descreve a crença em vidas passadas e acontecimentos relacionados a etas vidas... Bonito encontro entre almas gêmeas!!! A poesia é para isto mesmo, é para fazer a gente sonhar...

Sem a capacidade de sonhar e fantasiar seria duro demais encarar a vida assim, no seco!!!

Aproveito e olho os outros Blogs, me deu saudades dos Blogs de um amigo seu e fui lá matar as saudades...

Uma noite de PAZ e AMOR para você...

Rita

Irene Abreu disse...

Querida Gena
Ando para a visitar desde que a vi minha seguidora, mas entretando adoeci e só hoje...
É claro que o seu blogue é muito especial, senti desde logo uma grande afinidade com ele e adorei esta sua postagem.

Porque chora a minha esperança?
Porque me afogo em sonhos profundos?
Mulher com destino traçado
De viver entre… Dois Mundos…

Já Victor Hugo, dizia:
"A morte não é o fim de tudo. Ela não é senão o fim de uma coisa e o começo de outra. Na morte o homem acaba e a alma começa..."
Jesus ensinou, através da frase "há muitas moradas na casa de meu Pai", que somos portanto, cidadãos do Universo, filhos de Deus, que transitamos pelos vários mundos, no intuito de progredir.
Pois quem sabe, se não fomos companheiras em outras vidas?
Beijos na alma!

Sereia disse...

Boa tarde.
Fiquei lisongeada com sua visita,ñ é sempre q recebo uma poetiza tão consagrada como vc...
Muito obrigado e sucesso sempre.
Beijos

Sereia disse...

Corrigindo(Poetisa)
Abraços