25 outubro 2009

APRENDI Gena Maria Nesta vida muitas coisas aprendi...
Aprendi Que amar é preciso sempre E que recebemos de volta Todo amor que dedicamos... Aprendi Que amizades são dádivas Que recebemos sempre que a doamos... Aprendi Que ser sincero e fiel a quem amamos É o maior presente que podemos oferecer... Aprendi Que traição é a pior atitude do ser humano Aprendi Que mentir é negarmos a nós mesmos O direito de sermos honestos Aprendi Que ao amarmos alguém devemos Doar-nos por inteiro e sermos verdadeiros Aprendi Que a falsidade é a nossa maior inimiga E a verdade, nossa maior amiga Aprendi Que os filhos são parte de nós mesmos Que passamos a eles tudo que somos Aprendi Que o verbo amar é muito simples O difícil é saber conjuga-lo da melhor forma Aprendi Que tenho o poder de me fazer feliz E o mesmo poder para destruir essa felicidade Aprendi Que a saudade existe somente quando Vivenciamos a felicidade em pequenos Momentos, mas tão intensos... Que jamais os esquecemos Aprendi Que sou só amor hoje, depois de Muito ter vivido a dor. Marília – 25/10/09 12:44 Horas http://www.boemio.com.br/midivoice/instr/letra_A/1_instrumentais_andre_rieu_adieu_tristesse.mid

5 comentários:

Efigênia Coutinho disse...

Gena, a cada dia sua pessoa, sua poesia vai tomando corpo dentro deste Universo, onde sua magia transcende na palavra escrita, dando som,formas ,cores a sua alma , que maravilha, meus cumprimentos,
Efigênia Coutinho

Úrsula Avner disse...

Oi minha cara poetisa, ricos aprendizados você teve e certamente continuará tendo. Bj com carinho.

Jamylle Brown disse...

Minha poetisa favorita, tem um selinho pra vc no meu blog *.*

Fernanda disse...

Amiga Gene,

Vim agradecer a sua visita lá Na Casa do Rau, aproveitei para ler o último poema e adorei.

Assim mesmo é a vida, uma aprendizagem que nos leva a conclusões simples.

Beijos
Fernanda Ferreira ou (Ná)

Luis F disse...

Um excelente momento aqui encontro...

Aprendi contigo, e nas tuas palavras descobri o sentimento.

Parabens

Luis