17 setembro 2009

ADEUS
Gena Maria

Foi assim, de repente, tudo findou
Nosso amor não resistiu ao tempo
Não resistiu a espera, a saudade
E tudo ficou para trás, acabou

Foram tantos anos de união
Tantas coisas vividas juntos
Tantas cartas de amor, palavras...
Enfim, você fez parte
Da minha vida, do meu mundo.

Não vai ser fácil, eu sei
Ficar sem você, seu amor, seu calor
Mas, tenho que aceitar e esquecer
Um dia tudo vai acabar e voltarei
A viver em paz nesta vida...
Desejando que você seja feliz
Sempre aqui estarei... Adeus.

Marília – 17/09/09
19h27min

5 comentários:

Jamylle Carvalho disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Jamylle Carvalho disse...

É muito triste quando perdemos alguém. Suas palavras expressam a dor e ao mesmo tempo a tranquilidade.
A dor por que não teremos mais a pessoa conosco e traquilidade por que sabemos que a pessoa foi para um lugar melhor!
Sinto muito pela perda, mas com certeza a dor passará - como vc disse - e as boas lembranças ficarão.
Abraço ;D

Crista disse...

snif...snif..snif...não valeeeeee...apertar meu coraçãozinho logo pela manhã com essa poesia!!!!!E para arrematar...essa música!!!!
Mas sabe o que é isso????
É que és fabulosa em cutucar os sentimenstos com tuas obras!!!!
PARABÉNS!!!

Guida Linhares disse...

Minha querida Gena...um poema triste, porém amores quando se vão é assim mesmo...mas fica a boa saudade no coração daquele que amou de verdade!Te espero nos meus cantinhos poéticos. Uma sexta perfumada e alegre...abreijos, guida

Rebeca Rocha disse...

Lindo, lindo e infinitamente lindo!
Vou anexar seu blog ao meu, com certeza é de excelencia!
Visite-me: http://rebecarocha14.blogspot.com/