30 agosto 2009

TUA VOZ
Gena Maria

Ouvir tua voz, foi tudo de bom
A saudade que já estava a machucar
De repente acalmou meu coração
Foi muito bom ouvir-te me falar

Com todo o amor que sentes
Dizer que também me ama, me quer...
Que sente saudades de nós dois
De nossos carinhos, de nossos beijos

Te amo, meu amor na mesma intensidade
Este amor antigo, nunca vai ter fim
Ele é só teu, só meu, é o nosso segredo

Tua voz ouvi, tua voz eu guardei
Bem no fundo do meu coração
Que sempre irá te amar, eterno amor!

Marília – 30/08/09
17:47 Horas

5 comentários:

Chris... ჱܓ disse...

Olá amiga...
Esse poema é lindo, e tem tudo haver comigo neste momento...

Amei!!

Uma linda semana pra ti.
Bjos!

Efigênia Coutinho disse...

Gena, que beleza de Soneto, somente uma alma poeta para sentir e escrever versos tão lindos.

Estamos em festa, nossa AVSPE, faz 3 anos, da uma passadinha em nosso Blog, e confira alguns poemas que recebemos,
Efigênia Coutinho

shintoni disse...

Gena:
Este poema é lindo mesmo!

Passei para dizer que a sua Carta de Amor já foi postada no Duelos.
Valeu mesmo!
Seja bem-vinda e volte sempre a participar com suas inspiradas criações!
Abração e ótima semana!

shintoni disse...

Gena:
Apenas uma pequena correção: quem administra o Duelos literários sou eu, shintoni, ok? O Gio é participante do Duelos.
Abração!

G I L B E R T O disse...

Gena

Já te disse aqui, em minha primeira visita e te repito:

- amo sonetos! Para mim, a mais bela forma que a poesia se apresenta...

Abraços